Não eu, eles.

Escrito por Amanda Arrochella.

Ontem o Espírito Santo me levou para um lugar que fez refletir muito. E gostaria de compartilhar isso com vocês.

Ontem minha mãe começou a sentir dores na cabeça, e com isso a pressão dela subiu e tivemos que ir até o hospital checar se estava tudo bem (ela está bem, graças a Deus), chegando lá me deparei com pessoas totalmente sem chão, fomos na emergência, minha mãe foi medir sua pressão com meu pai e eu fiquei com minha irmã. Ao meu lado estava um senhor de idade todo machucado, quando eu falo todo, é todo mesmo, parece que ele havia caído, pois sua calça estava encharcada de sangue, e seus braços estavam em carne vida, foi o fim para mim, já senti lágrimas rolando no meu rosto.

Depois chegou uma mulher com dores no peito e ela gemia de dor, senti meu coração ser apertado, ela se revoltou pois o recepcionista não estava lhe dando suporte, ela começou a gritar dizendo que se algo acontecesse com ela a culpa ia ser do recepcionista, minutos depois ela conseguiu atendimento.

Depois de mais ou menos dez minutos uma senhora parou ao meu lado, ela estava de cadeiras de rodas e também gemia de dor, ela parecia ter lá seus 70 anos, então eu chorei, chorei muito, me coloquei no lugar daquelas pessoas e chorei na frente de todos, um senhor olhou para mim com pena, pensando que eu estava chorando por minha mãe, mas não, eu estava chorando por ele também. Fui até minha mãe e orei por ela, e ao orar por ela eu estava orando por todos os enfermos que lá se encontravam.

Não vou mentir. Eu ainda chorei mais um pouco ao ver aquele senhor novamente no corredor.

Foi aí que o Espírito Santo me convidou para voltar novamente naquele lugar, mas com um propósito diferente. Eu iria trazer amigos para que orássemos juntos por cada pessoa ali.

Tenho pedido ao Espírito Santo: vulnerabilidade. A muito tempo tenho me culpado por não sentir as dores e emoções das pessoas, por não chorar por vidas e por não chorar na presença dEle.

E ontem, o Espírito Santo me presenteou com um pote gigante de vulnerabilidade, de emoções e lágrimas.

Eu não quero que minhas orações sejam apenas sobre mim, e sim, sobre almas, pessoas. Quero sentir as dores de parto que Paulo sentia em Gálatas 4:19, quero gemer por almas entregues a Ele.

Eu quero chorar por você que está lendo isso, eu quero sentir o que você sente.

Que minhas orações não sejam apenas sobre mim, mas sobre vocês.

Você me acha bonita?

Escrito por Amanda Arrochella.

Eu sempre fui uma pessoa muito carente. Muito mesmo. Sempre procurei amor em pessoas que muitas vezes não poderiam suprir essa minha carência, já perdi amizades por ser muito grudenta ou muito carente, esses meus amigos não eram pessoas más, mas elas já não aguentavam mas a “Amanda carente”.

Eu gosto de me sentir amada, eu não sei você, mas eu gosto. Eu gosto de ouvir um “Eu te amo” de uma pessoas que eu gosto, também gosto de abraços, enfim, gosto de afeto. Minha mãe é a melhor pessoa para fazer isso, ela, assim como eu, gosta de afeto, só que eu acho que ela gosta mais, por que ela sempre quer te dar um abraço ou te dar um beijo, ela é a pessoa mais carinhosa que eu conheço.

A carência é algo difícil de ser preenchida. Quer dizer, por pessoas humanas, pessoas terrenas. Por muito tempo procurei pessoas que supririam essa minha carência. E obvio não achei. Mas Jesus preencheu isso em mim.

Hoje, me sinto amada todas as manhãs, eu olho para a parede do meu quarto e me deparo todos os dias com um verso de Cânticos: “Como você é linda minha querida, como é linda.”

Ser amada por Jesus é a melhor coisa que eu já experimentei. Ele não olha meu exterior, Ele não tá nem aí se meu cabelo amanheceu bom ou se eu nasceu uma espinha na minha testa, Ele quer saber do meu interior.

Ele nos acha lindas. Não fique dependendo de elogios de pessoas para ser feliz, ouça Jesus. Ele é O Cara mais sincero que eu conheço.

(Esse texto antes de ser para você, foi pra mim. Porque eu ainda estou aprendendo).

 

Eu me rendo

Já tentei de tudo e Você sempre vem atrás de mim.

Eu não sei, se fosse outra pessoa ela já teria desistido. Mas Você não. Você insiste. Eu já não vejo escapatória a não ser Te ignorar. Vou Te ignorar totalmente, vou fingir que não estou Te ouvindo. Isso vou Te ignorar.

Você insiste e eu sinceramente não sei por que, não sou especial e nem tenho algo que brilhe em mim. Eu só sou eu.

Sempre que estou triste Você diz que sou linda, eu não acredito claro, é tudo mentira. Eu não aguento mais. Por que Você simplesmente não me deixa em paz. Eu grito com Você, e Você simplesmente vai embora, me olha pela última vez e se vai.

Confesso que senti Sua falta, mas Você não me respondia, me ignorava, assim como eu Te ignorei. Eu senti na pele o que Você sentiu.

Quando eu fui dormir Você não estava lá. Você costumava ficar sentando na minha cama me esperando dormir, mas Você não estava mais. Eu me senti sozinha, pois Você era o Único que me entendia, então eu resolvi falar com Você.

– Oi, Você pode me ouvir? – perguntei sentada onde Você costumava sentar.

Você não respondeu. Senti que eu estava sozinha, sem ninguém. Chorei em silencio por alguns minutos e logo me recuperei.

– Por que Você não insistiu? Por que foi embora quando eu ordenei que fosse? – perguntei alto esperando uma resposta. Nada. – Me responda! Fale comigo. – lágrimas caíram sobre minhas bochechas. – Fale comigo. Por favor. Eu não aguento mais, preciso de Você. Preciso Te tocar de novo. Preciso Te ver. 

Caí de joelhos no chão e chorei, chorei tanto, e esperei Você me responder.

– Eu estou aqui Elisa. Nunca estive longe. 

Olhei para trás e Você estava lá. Me esperando de braços abertos. Como sempre. 

(A Vida de Elisa – Uma Garota de Fé) – Amanda Arrochella.

Elogios, Elogios e mais Elogios.

Escrito por Amanda Arrochella.

 

 

Antes de qualquer coisa eu gostaria de dizer que esse texto além de ser para você que está lendo, é pra mim. Refleti muito sobre assunto e resolvi expressa-lo com palavras.

Eu sempre fui uma garota que gostava de ouvir elogios, talvez por que eu não enxergasse o que eu realmente era e não conseguisse ver que existia Alguém que sempre dizia que eu era linda. Por muito tempo eu achei que precisasse de uma pessoa que dissesse para mim coisas agradáveis e que eu realmente precisava ouvir. Eu achava que alguém poderia mudar isso em mim.

Até que meu encontro com Jesus mudou tudo. Mudou meu modo de pensar, meu modo de agir. Só que o que eu não sabia era que eu tento esse encontro com Jesus, eu começaria a ouvir diversos elogios e motivações que me mudariam totalmente.

Eu descobri que não são elogios de pessoas que levantariam minha autoestima, e sim, Jesus.

Se você está passando por isso, e precisa ouvir um elogio para se sentir amada e linda, eu te indico Cânticos, isso mesmo, o livro Cânticos na Bíblia. Para mim essa é a forma mais linda que Deus tem para demostrar seus sentimentos por nós. Poemas.

Cânticos 4:1. “Como você é bela, minha querida. Como você é linda” 

Você é tão lindo.

pulsante

 

Bem, comecei a ouvir a música Pulsante hoje mesmo, e já me deu a vontade imensa de escrever sobre isso.

Cada trecho da música fala comigo, então vai ser bem difícil escolher uma parte só para poder escrever.

Quebra-me como um vaso de alabastro

Eu, no começo não entendi essa parte da música, daí eu fui pesquisar sobre isso, e descobri o que significa um “Vaso de alabastro”. E achei a seguinte definição: “O vaso de alabastro representa nossa vida sendo quebrada e derramada na presença de Jesus”. Resumindo: na minha visão o vaso de alabastro representa nossa vida de pecado que vai ser quebrada por Jesus, para que sejamos completamente cheios dEle.

Hipnotizante, Você me deixou sem ar
Alucinante, eu não consigo parar de Te amar

Como não me entregar?
Como não me apaixonar?

Essa parte é maravilhosa. Como não se apaixonar por Jesus? Ele é tão meigo, carinhoso, amoroso, engraçado, não dá para resistir á esse Encanto. “Alucinante, eu não consigo parar de Te amar”. Quando você começa a amar Jesus de verdade, não tem volta, você não consegue mais parar de ama-Lo, chega a ser um vício, você chega a depender dEle, e não consegue mais se ver sem Ele, por que Ele começa a ser TUDO para você, e você faz de tudo para agrada-Lo, mas Ele só quer seu amor. Me diz? Como alguém assim, necessita tanto do nosso amor, eu não entendo, Ele pode ter tudo o que quiser, mas invés disso, Ele só quer nosso amor.

Pulsante, irradiante, brilhante
Você é tão lindo!

Sou completamente apaixonada por Jesus, eu não sei, mais só de imaginar minha vida sem Ele, eu já entro em desespero, a partir do momento que eu entreguei meu coração para Ele, eu só consigo ama-Lo cada vez mais, acho que não cabe tanto amor aqui dentro, eu nunca amei ninguém como eu O amo, é uma necessidade de ter um ao outro. É uma vida sem volta, um caminho difícil no deserto, mas sempre com água.

Eu não sei, só sei que eu O amo com tudo que sou, tudo o que há em mim, eu O amo mais que tudo na vida. E minha vida está nas vidas dEle, e eu não quero ela de volta.

Você é forte

cropped-flores1.jpg

Escrito por Babi Suellen.

Olá, como vai você?

Eu sou a Bárbara Suellen, mas pode me chamar de Babi.
É um prazer poder escrever ao seu coração através do blog da Amanda, foi um convite maravilhoso e eu não poderia recusar.
Sabe, sinceramente eu quero dizer muitas coisas…mas o Espírito Santo quer dizer muito mais então vou deixar ele se expressar.
Quando você vai assumir sua fragilidade? Quando vai parar de lutar gerando uma resistência que na verdade é superficial?
Até quando sentirá vergonha que suas lágrimas sejam vistas rolando pelo o seu rosto?
Minha filha/filho, você é um bem precioso, eu te comprei mas não falo de uma forma arrogante como se você fosse um objeto, ter você é a maior alegria para mim.Te vejo a todo tempo buscando se apoiar em outros, você deveria se apoiar em mim.
Eu sei quem você é, também sei quando você perde um pouco a certeza da sua identidade em mim.Estou aqui todos os dias para refrescar a sua memória e dizer “VOCÊ É INCRIVELMENTE PARECIDA(O) COMIGO!”
Por que toda essa armadura? Quer saber…eu te ajudo a se desfazer delas, que tal?
Se desfazer de toda essa proteção que o mundo te fez criar para não se ferir…
Estar sensível a minha presença não significa ser fraca/fraco,mas significa amor e confiança em quem eu sou.
Eu te amo e muito antes de você me conhecer eu já te admirava. Mas eu te peço seja mais crítica,saiba escolher melhor,tenha suas próprias opiniões,o que eu coloco em seu coração são planos e idéias mirabolantes que são capazes de transformar vidas,você é a meu/minha agente de transformação! Seja frágil em mim,quero te sentir,eu estou 100% disponível para você,mas e você? Ainda está pensando o quanto vai entregar para mim?
Seja como um prato que quando cai no chão e se quebra se transformando em vários e vários pedacinhos espalhados pelo chão.O engraçado é que o prato pode quebrar na cozinha mas seus casos se espalham, chegam até o outro cômodo.
Seja assim minha filha/filho,frágil como um prato que ao se quebrar alcança vidas, não se preocupe com o barulho nem com o que vão dizer sobre a bagunça,você vai alcançar níveis que você nem imagina que existem!
Permita-se ser frágil!
Eu estou em ti e você em mim e não se esqueça que é na fragilidade muitas vezes dita como fraqueza que somos fortes!
Eu te amo meu caquinho! Aaaaa, mais uma coisa…desliga um pouco esse celular e vamos trocar uma idéia,quero ouvir o som da sua voz!
Beijos, E.S “

Tem uma espinha na sua cara

Bem, esse título deve ter feito você rir, bom, minha irmã riu quando eu lhe mostrei.

Esse texto não tem absolutamente nada haver com “Vida Cristã”, é meio um texto para todas minhas/meus amigas/amigos adolescentes que estão em uma fase horrível da vida.

Tenho 14 anos, vou fazer 15 em maio, sou uma adolescente e é comum aparecer espinhas, que eu chamo de crateras, em meu rosto. É difícil? É. Minha amiga costuma dizer “Taca base”, imagina você, em uma festa e uma espinha gigante aparece no seu rosto, a base se foi, não sei como, mas se foi. Você não tem base alguma para cobrir aquela cratera enorme em seu rosto, aí você pensa: “Estou frita” sim, isso já aconteceu amigo. Não riem.

Quando a primeira espinha apareceu, com 12 anos de idade, eu me desesperei, comecei a orar para ver se Jesus tirava aquele “negocio” da minha cara. Adiantou? Infelizmente não. Tive que conviver com aquela horrível realidade. Eu via meninas com a cara de bebê e ficava tipo: “Por que comigo?” era triste. Até que minhas amigas começaram a ter também, mais uma não, Duda se você estiver lendo isso saiba que sua pele é muita chata, qual é? Ela não tinha espinhas, a pele dela é e era maravilhosa. Te amo amiga. 3 anos de muito amor.

Enfim, quando eu completei 13 anos as coisas foram mudando, as espinhas continuaram, mas eu mudei, eu já não brincava de boneca, e de pique-esconde, as meninas da minha idade só pensavam em uma coisa: “Garotos”, e ainda pensam.

Eu nunca fui uma garota muito popular na escola, os garotos nunca olhavam para mim, bem, só os nerd’s para pedir uma explicação melhor da aula de História. Eu não ficava incomodada, mas as minhas amigas só sabiam falar disso, e isso foi me afetando aos poucos, eu colocava defeito em mim mesma a todo instante, na minha cabeça eu era a última menina que os garotos iriam olhar, e eu era né.

Eu sempre tive muitos colegas na escola, sempre me dei bem com pessoas mais velhas, e nisso, eu tinha muitos amigos mais velhos que eu, eu conversava com eles, sei lá, sempre fui mais desenvolvida em relação a amizades. Alguns meninos pensavam que eu tinha 16 anos, eu sempre fui meio alta e tudo, mas minha maturidade era algo “estranho” quando eu estava com eles. Sempre estudei em escola cristã, Adventista, nunca tive problema com amizades erradas, sempre soube escolher bem as pessoas com quem eu andava. Como toda menina de 13 anos faz, eu comecei a me interessar por garotos, gostei de alguns, normal, mas eu sempre quebrava a cara, sério, agora com 14, prestes a fazer 15 anos estou bem melhor, graças a Deus, por que viver somente para conseguir um menino não vale a pena.

Se você, menina, ou você, menino, está em busca da “pessoa certa”, eu tenho uma dica pra você, posso não ser a garota certa para lhes dar conselhos, mas eu já passei por isso, e já me decepcionei muito. A adolescência na minha opinião, não é uma boa hora pra namorar, eu, por exemplo, só namoro se for pra casar, e já deixei isso bem claro para alguns meninos que já ousaram quase ir falar com meu pai, tenho 14 anos, sou nova, e creio que você também, aproveite sua adolescência, aproveite com coisas úteis, estude para ser alguém no futuro, tem coisas melhores do que sair por aí procurando a pessoa certa.

A pessoa certa virá. Mas no tempo certo.

Escrito por Amanda Arrochella. 

João, o amigo de Jesus.

 

João de acordo com alguns pesquisadores era o discípulo favorito de Jesus.
João se referia a si mesmo como: “o discípulo a quem Jesus amava”
ele não usava seu nome, só se referia como “o discípulo a quem Jesus amava”, ele gostava de falar que Jesus realmente o amava.
João era o favorito de Jesus? Não sabemos, Jesus nunca declarou nada sobre isso, mas tenho minhas dúvidas que sim. João era o principal discípulo. Ele vivenciou coisas extraordinárias, escreveu coisas incríveis.
Jesus realmente gostava dele.
Voltando à como João se referia a si mesmo, Jesus realmente o amava, mas não diferentemente dos outros, era da mesma forma. Talvez João era mais próximo de Jesus do que os outros, mas isso não muda a forma de amor de Jesus.
Eu experimentei chamar-me de ” ‘aquela a quem amas’ está chateada, alegre-me, Jesus. Preciso de Ti.”
Falar isso me deixou totalmente confiante. Me senti realmente amada por Jesus.
Uma das coisas que mais busco é ter a intimidade de João com Jesus. Eu realmente imagino Jesus e João conversando:
— Ei Jesus, Você foi demais hoje amigo, Deus realmente está com Você.
— Obrigado meu amigo, fico feliz em estar aqui comigo.
Ah, como eu queria ser João nesse momento. Está face a face com Jesus. Eu com certeza não iria soltá-lo.
— Você não vai me soltar né Amanda?
— Não, quero estar com Você pra sempre. Pode contar-me aquela história da multiplicação dos pães? Não me canso de ouvir. – Jesus sorri, e logo diz;
— Claro minha amiga, contarei quantas vezes quiser. Vamos caminhar no paraíso?
Oh! Realmente imaginei isso. Jesus & eu, juntos na eternidade.
Te desafio a cada oração dizer; “aquela(e) a quem amas…”
você irá se sentir ótimo. assim como eu.

Me diga com quem tu andas, que eu tirei quem tu és.

Minha mãe costumava dizer: “Me diga com quem tu andas que eu direi quem tu és.” Demorei um pouco para conseguir interpretar essa frase, talvez na época que ela citou essa frase eu deveria estar andando com pessoas que não me faziam bem ou alguma coisa desse tipo.

A questão é… a frase é muito útil, ela é pesada e leve ao mesmo tempo. Eu pensei muito antes de escrever esse texto, mas enfim veio uma mensagem em minha cabeça.

Algumas pessoas de minha escola sabem que eu sou cristã, algumas me olham estranho; outras me olham com interesse, e outras reclamam que eu “só sei falar de Deus”.

Certo dia uma garota reclamou que eu só sabia falar de Deus, e claro, fiquei calada, olhei pra cara dela querendo falar umas poucas e boas, mas me contive. Por incrível que pareça essa menina é minha amiga. Eu não liguei para o que ela disse, mas sim a maneira com que ela disse. Ela havia ficado bem empolgada e interessada no assunto que eu estava conversando com outra garota: Jesus. Ela se intrometeu, mas logo saiu da conversa, por alguns motivos bem interessantes.

Essa semana uma amiga minha, que é mais velha que eu, me disse: “Algumas pessoas não querem seguir Jesus, com medo do que irá acontecer depois. Seguir Jesus é renunciar muitas coisas e seguir Ele”.

Esse é o problema dessas pessoas. Elas querem ouvir falar de Jesus, mas tem medo do “julgamento”. Posso dizer que a adolescência é a fase mais difícil do Ser Humano. Com os hormônios a flor da pele, um monte de pessoas te convidando para as coisas do mundo, e você simplesmente tem que dizer “não”. É difícil? É. Mas é a melhor coisa do mundo.

Costumo ver garotas da minha idade loucas para ficar com alguém em uma festa ou na própria escola, e depois quando elas conseguem o que queriam, querem mais, mas isso nunca vai preenche-las, elas nunca vão estar preenchidas, por que não é um garoto qualquer que vai preenche-las e sim, Jesus.

Consigo ver claramente quem são, pelas pessoas com quem elas andam. Não preciso saber o nome delas e nem a idade, olhando para elas eu sei quem são e o que querem.

E quando elas olham pra mim, elas sabem quem eu sou, e o que eu quero. Essa é a diferença.

Não quero ir para meu Amado sem deixar um legado na terra, não quero ir para meu Amado antes de conseguir vidas o suficiente para ver o céu cheio.

Não quero andar com gente que faz coisas que eu não faria, por que se eu ando com elas, logo eu fico igual.

Tento sempre me afastar de pessoas que não me fazem bem, já fiquei sozinha por não concordar com o que minhas antigas amigas faziam, mas eu sabia, eu sabia que nunca estava sozinha. E logo a recompensa veio. Conheci pessoas que me aproximaram mais de Jesus, pessoas que fazem as mesmas coisas que eu, pessoas que renunciaram tudo pra seguir Jesus.

Reflita nesse ditado e repense com você está vivendo sua vida.

Ainda dá tempo de mudar, corre pra Jesus que é só sucesso.

Escrito por Amanda Arrochella.



João, o amigo de Jesus.

 

João de acordo com alguns pesquisadores era o discípulo favorito de Jesus.
João se referia a si mesmo como: “o discípulo a quem Jesus amava”
ele não usava seu nome, só se referia como “o discípulo a quem Jesus amava”, ele gostava de falar que Jesus realmente o amava.
João era o favorito de Jesus? Não sabemos, Jesus nunca declarou nada sobre isso, mas tenho minhas dúvidas que sim. João era o principal discípulo. Ele vivenciou coisas extraordinárias, escreveu coisas incríveis.
Jesus realmente gostava dele.
Voltando à como João se referia a si mesmo, Jesus realmente o amava, mas não diferentemente dos outros, era da mesma forma. Talvez João era mais próximo de Jesus do que os outros, mas isso não muda a forma de amor de Jesus.
Eu experimentei chamar-me de ” ‘aquela a quem amas’ está chateada, alegre-me, Jesus. Preciso de Ti.”
Falar isso me deixou totalmente confiante. Me senti realmente amada por Jesus.
Uma das coisas que mais busco é ter a intimidade de João com Jesus. Eu realmente imagino Jesus e João conversando:
— Ei Jesus, Você foi demais hoje amigo, Deus realmente está com Você.
— Obrigado meu amigo, fico feliz em estar aqui comigo.
Ah, como eu queria ser João nesse momento. Está face a face com Jesus. Eu com certeza não iria soltá-lo.
— Você não vai me soltar né Amanda?
— Não, quero estar com Você pra sempre. Pode contar-me aquela história da multiplicação dos pães? Não me canso de ouvir. – Jesus sorri, e logo diz;
— Claro minha amiga, contarei quantas vezes quiser. Vamos caminhar no paraíso?
Oh! Realmente imaginei isso. Jesus & eu, juntos na eternidade.
Te desafio a cada oração dizer; “aquela(e) a quem amas…”
você irá se sentir ótimo. assim como eu.